quarta-feira, 15 de agosto de 2012

ACS não devem pedir demissão


Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) estão sendo orientadas a se demitir pelo setor de recursos humanos da Prefeitura de Joinville. O jurídico do Sinsej alerta que os ACSs não devem pedir desligamento sem antes consultar o sindicato. A situação se configurou devido a um requisito exigido em lei para realizar o trabalho, o qual a prefeitura quer cobrar.
A lei federal 11.350 regulamentou a profissão dos agentes e colocou várias condições necessárias para o trabalho, como “residir na área da comunidade em que atuar” (artigo 6º). Os servidores que receberam a instrução de pedir exoneração foram questionados porque, na compreensão da prefeitura, alguns ACSs não se encaixam no que especifica essa parte do documento.
O assessor jurídico do Sinsej, Tiago de Carvalho, explica que o setor de recursos humanos está tentando induzir esses trabalhadores a pedir desligamento. “Caso a prefeitura exonerasse, seria preciso passar por um processo administrativo”, afirma. Ele diz, porém, que o processo não é necessário em caso de pedido de demissão pelo servidor. Tiago também orienta qual ação deve ser tomada. “Quando a pessoa souber dessa situação, deve procurar imediatamente a assessoria jurídica do sindicato para que possamos ajudar no caso.”

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs 
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356 
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum
Fonte: www.sinsej.org.br