sábado, 17 de março de 2012

Prefeito tem 48h para cancelar concurso onde esposa passou em 1º

Justiça já havia determinado a suspensão do concurso em Jales (SP).
Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

Há ainda denúncias de falhas na organização e na fiscalização das provas.
Do G1 Rio Preto e Araçatuba

O prefeito Genivaldo de Brito Chaves, de Sales , no interior de São Paulo, terá 48 horas para suspender um concurso público realizado na cidade assim que for notificado. A decisão é da juíza Gislaine de Brito Faleiros Vendramini, de Urupês.

A justiça já havia determinado a suspensão do concurso no mês passado por suspeita de fraude, mas o prefeito não cumpriu. Segundo a denúncia, Sidnéia Aparecida Batista Chaves, mulher do atual prefeito, passou em 1º lugar para o cargo de supervisora de educação.

Há ainda denúncias de falhas na organização e na fiscalização do concurso, que foi realizado no fim do ano passado. O G1 tentou falar com o prefeito sobre o caso, mas ele não foi localizado.


Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum
agente comunitário de saúde, endemias, ava, acs, ace, conacs, ACS Eliseu Lima
Fonte na web: G1