quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE

                                                 Ministro da Saúde, Alexandre Padilha
Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, foi reeleito presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS) na tarde desta terça-feira, 14, em Brasília. Foram 34 votos (72%) dos 47 conselheiros presentes. Houve apenas uma ausência entre os membros do Conselho. Um dos principais pontos discutidos no Conselho é o fortalecimento do controle social do Sistema Único de Saúde (SUS).

Também foram escolhidos, por votação, os demais membros da mesa diretora do órgão – composta por oito integrantes: representando os usuários do SUS, Clóvis Adalberto Boufleur, da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); Jorge Alves de Almeida Venâncio, da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB); Jurema Pinto Werneck, da Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB); e Marisa Furia, da Associação Brasileira de Autismo (ABRA). Pelos trabalhadores, Alcides silva de Miranda, do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEB) e Francisco Batista Júnior, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social/CUT. Jurandir frutuoso silva, do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS) e o ministro Alexandre Padilha representam os gestores no CNS.

O CNS é a principal instância de controle social do Sistema Único de Saúde (SUS) e reúne representantes de usuários, trabalhadores, gestores e prestadores de serviço. “As decisões do Conselho Nacional de Saúde têm impacto direto no cotidiano das pessoas porque reflete a participação da sociedade nos debates aqui realizados”, afirmou Padilha logo após o final da eleição.

O ministro agradeceu a ampla vitória de hoje. “Acredito que os conselheiros fizeram isso porque confiam no caminho que nos iniciamos há um ano no aprimoramento e fortalecimento do Conselho e do controle social, embora ainda existam muitas questões para avançar”, afirmou Padilha.

Do primeiro ano, o ministro destacou, entre outros pontos, o fato dos usuários terem sido protagonistas na realização da 14ª Conferência Nacional de Saúde, realizado em 2011, em Brasília. Quanto à nova gestão, reafirmou que a pauta do Conselho deve centrar-se, assim como no primeiro mandato, superação dos problemas do atendimento ao cidadão.

O presidente do CNS é responsável por coordenar a mesa diretora e dialogar com o Ministério da Saúde e demais órgãos do governo para o cumprimento das decisões. Ele e os demais integrantes da mesa diretora são escolhidos pelo plenário para um mandato de um ano.

As eleições dos membros da mesa diretora do CNS começaram em 2007. Antes disso, a pessoa que ocupava o cargo de ministro da Saúde assumia automaticamente a presidência do Conselho Nacional de Saúde.


Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum


Fonte na web: portalsaude.saude.gov.br