terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Agentes de saúde protestam na Câmara Municipal

A categoria reivindica, por exemplo, reajuste salarial de 30% e distribuição de protetor solar para os trabalhadores da área
Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

Pedro Alves - pedroalves@opovo.com.br


A semana de trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Fortaleza começou movimentada. Hoje pela manhã, uma nova categoria de servidores em greve ocupou a galeria do Parlamento para protestar e solicitar dos vereadores uma intermediação junto à Prefeitura para fazer deslanchar suas demandas. Agente de saúde e endemias reivindicam, por exemplo, reajuste salarial de 30% e distribuição de protetor solar para os trabalhadores da área.

Atualmente, segundo o diretor de base do Sindicato dos Agente Comunitários de Saúde e Combate a Endemias do Ceará (Sinace), Alexandre Barroso, os servidores da área – em greve há seis dias - recebem um salário de R$ 600. A categoria reclama ainda da decisão da prefeita Luizianne Lins (PT) de retirar da pauta de votações da Câmara a mensagem que criava o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos agente de saúde. “Isso é uma retaliação porque decidimos deflagrar greve”, sublinha Barroso.

Após pressão dos servidores em greve, que lotam também o auditório da Câmara, os parlamentares decidiram formar uma comissão para dialogar com a categoria e tentar encaminhar soluções.

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum


Fonte na web: www.opovo.com.br