sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Servidores e agentes de saúde do CE se mobilizam para greve no dia 02

Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

Os servidores de nível médio da Saúde do Estado do Ceará e agentes de saúde poderão iniciar greve no dia 2 de fevereiro. Para mobilizá-los, o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde (Sindsaúde) começa uma série de manifestações nos principais hospitais estaduais de Fortaleza, a partir desta terça-feira (24), sempre às 6h30.

“Queremos salário digno e um PCCS que reconheça as necessidades salariais e de crescimento profissional dos servidores. O atual PCCS, de 1992, está completando 20 anos e já virou uma peça de museu, permitindo que a maioria dos servidores tenha salário base abaixo do mínimo”, denuncia nota do Sindsaúde.

Além de um Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) decente, constam na pauta de reivindicações dos servidores ainda revogação do decreto estadual n. 29.352/2008, que trata da acumulação de cargos; publicação do resultado do estágio probatório dos concursados de 2006/2008; e pagamento de adicional de insalubridade, assistência médica e licença maternidade de seis meses para os/as agentes de saúde que foram efetivados em 2008.

Na próximo domingo (27), a partir das 15h, os servidores se reunirão na Secretária de Saúde (Sesa) para deliberar sobre a greve. Caso seja aprovada, a paralisação começará no dia 2/2.Calendário das manifestações.

Com informações Sindsaúde CE

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude

No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum

Fonte: mundosindical.com.br