terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Saúde de Goiás vai contratar mais de mil agentes comunitários

Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil
Escrito por: Cejane Pupulin - Jornal O HOJE

As inscrições serão de 23 de janeiro a 16 de fevereiro, exclusivamente via internet, no site www.concursos.goiania.go.gov.br

O combate à dengue em Goiânia recebeu reforço ontem da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). No pacote foi anunciado edital para a contratação de mais 311 agentes de combate de endemias e 712 agentes comunitários de saúde, aumento do benefício da produtividade dos agentes – que antes tinha teto máximo de R$ 100 e, agora, pode atingir até R$ 300.

Também foram divulgadas ações para a intensificação de vigilância de combate à doença, como recolhimento do lixo, orientação da população, monitoramento dos focos e campanhas publicitárias que focam não apenas prevenir, mas a colocar em prática. A SMS pretende atingir três mil visitas dos agentes este ano – cerca de mil a mais do que em 2011, quando foram 1.980. E pretende investir apenas em recurso humano contra a dengue quase R$ 18 milhões. Em 2011, o investimento atingiu R$ 10 milhões.
Para o secretário municipal de Saúde, Elias Rassi, 2011 apresentou números satisfatórios em comparação a 2010. No ano passado, a SMS registrou 16.640 notificações de casos de dengue, com sete óbitos. Já no ano anterior, foram notificados 77.187 casos, com 26 óbitos – uma redução de quase 63% de notificações. “Em 2010, era uma morte a cada 15 dias.”
Em 2012, já foram notificados juntamente à SMS 212 casos de dengue. Para Rassi, o número é considerado dentro das expectativas, já que no mesmo período de 2011 somou-se 412 notificações. “A nossa principal dúvida é como o novo vírus. Não o conhecemos e não sabemos como é seu comportamento.” Em Goiânia, três casos de dengue tipo 4 foram confirmados, todos em 2011. Caso este tipo da doença se prolifere, é possível que ocorra epidemia na capital e até no Estado.

Os agentes
Para a diretora em Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, a contratação de novos agentes, que devem estar nas ruas no fim de maio, permitirá que a SMS realize anualmente o número de seis visitas preconizadas pelo Ministério de Saúde. “Atualmente, as famílias recebem cerca de cinco.”
Com um efetivo maior, os agentes trabalharão em pontos fixos, o que possibilita uma maior interação com os moradores de cada região. “O objetivo é que as ações sejam incorporadas pelo cidadão. Cada morador é corresponsável no combate a dengue.”
Amorim destacou também que os agentes de saúde – que trabalham com o Programa de Saúde da Família (PSF) – também já iniciaram o trabalho de orientação contra a dengue. Goiânia apresentou em outubro de 2011 grau de infestação de 1,2%. O preconizado é menor do que 1%.

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum


Fonte na web: www.cntsscut.org.br