quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Com uso dos Tablets ACS's receberão R$ 848,00 como ajuda de Custo

Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

O Estado de Pernambuco, especificamente o Município de Petrolina, sai na frente com a inclusão dos Tablets no trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS's). Segundo análise, a iniciativa do prefeito Julio Lossio emana não apenas na inclusão de novos elementos tecnológicos, mas, também novas atribuições na realização do trabalho desses profissionais da Atenção Primária. Quando reporta-se à inovação de atribuições, não é focando apenas na utilização dos Tablets ou dos formulário para adquirir informações necessárias para o levantamento junto às famílias. A Secretária de Saúde do Município, Lúcia Giesta, disse que “o trabalho dos agentes comunitários de saúde será identificar aquelas pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza. Identificando essas pessoas, poderemos oportunizar o aumento da sua renda familiar através de cursos de capacitação, inserção nos programas governamentais e até mesmo auxiliando-os a abrir o próprio negócio com a parceria do Banco do Empreendedor.” Em síntese, analisa-se os novos elementos inclusos como atribuições dos agentes de saúde. Distancia-se da crítica por mero formalismo, apesar de valoração da necessidade da categoria participar do processo de construção dessa inclusão de novos elementos que representam significantes em benéfico da sociedade. Algo louvável que pode ter melhores resultados se os profissionais integrarem a equipe de elaboração da proposta, como é praticado com os demais profissionais que compõem o Programa de Saúde da Família - PSF.

Os agentes de saúde receberão uma ajuda de custo que pode chegar ao valor de R$ 848,00. Obviamente que este valor tem a finalidade de compensar a inclusão desses novos parâmetro na execução do trabalho dos ACS's. Com a possibilidade de dobrar os rendimentos os agentes de Petrolina estão bastante motivados. Um excelente referial que poderá ser avaliado como uma "espécie de medidor do êxito," numa análise de natureza perceptível.
Sobre o Município de Petrolina-PE, a sua população em 2007, era de 268.339 habitantes e um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 1.549.823.000,00 (2005). A Infra-estrutura de Petrolina envolve o maior aglomerado urbano do semi-árido. A cidade conta com 105 estabelecimentos de saúde, 11 instituições financeiras e 38 cursos universitários. O aeroporto local é equipado com as maiores câmaras frigoríficas instaladas em aeroportos do país, a fim de diminuir as perdas nas exportações; dispõe de um serviço alfandegário ágil em relação à região. É bem servida de rodovias e conta com um porto fluvial. Petrolina abriga museus, cinemas, shopping, teatro e um forte turismo ecológico pelas ilhas fluviais do Rio São Francisco.

 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Prefeitura de Petrolina