sábado, 21 de janeiro de 2012

Agentes de Saúde de Camaragibe fazem protesto Só 30% dos 400 agentes estão trabalhando para controlar a epidemia da dengue



Só 30% dos 400 agentes estão trabalhando para controlar a epidemia da dengue

Por Rhayana Fernandes
Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil
Cerca de 400 Agentes de Saúde e Controle de Endemias fazem grave em prol de melhorias no trabalho. Uma parte deles encontravam-se hoje (20), protestando pela falta de condições de trabalho e reajuste de salário, na Avenida Dr. Belmiro Correia, em frente a Prefeitura de Camaragibe, por volta das 10h30.

Eles estão exigindo uma posição do Prefeito de Camaragibe em relação aos materiais básicos como o equipamento individual e protetor solar, já que eles fazem visitações em casas com suspeitas de focos de dengue. “Camaragibe hoje está em estado de emergência, por causa disso estamos permanecendo 30% dos 400 agentes, visitando 11 casas por dia para conter o mosquito da dengue” Conta Roberto Penides Presidente do Sindicato Metropolitano dos Agentes de Saúde (SIMCACE).
A gestão está há 10 meses sem recebê-los, e no dia 12 de Maio do ano passado, os Agentes fizeram a primeira paralisação de advertência e não obtiveram respostas. Tentaram uma segunda vez, no dia 2 de dezembro, e o resultado foi o mesmo. Depois disso, decretaram a greve. “Como uma forma de retaliação nós invadimos a prefeitura na quarta-feira (18), subimos as escadarias e fizemos muito barulho, tanto o prefeito quanto o secretariado foram embora. Ninguém nos recebeu, e ainda chamaram a viatura da polícia.” Conta Penidis.

“Às 15h da tarde do mesmo dia, o prefeito voltou para a prefeitura e mandou recolher as folhas de ponto como retribuição da nossa invasão mais cedo. E pelas Leis federais isso é crime.” Afirma o presidente indignado com a situação atual. Iolanda Marta da Silva, 50, trabalha há 20 anos como Agente de Saúde, e afirma “as salas dos hospitais estão interditadas cheias de mofos, eu nunca vi uma coisa dessas nos meus 20 anos de trabalho”.

O Vereador Delio Junior esteve no local como convidado do representante legal, “Estou aqui para dar uma força e mostrar que a câmera vai está à disposição”. A Polícia Militar compareceu para averiguar e informou que ficaria no local para controlar a situação. Os agentes ficaram no local acampados. O prefeito da Heraldo Junior não prestou esclarecimentos sobre o caso, e avisou que só iria receber os agentes de saúde nessa quarta-feira (25) em seu gabinete.

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum


Fonte na web: LeiaJá