segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Mais tempo ao ar livre pode reduzir incidência de miopia em crianças e adolescentes

Divulgação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

A miopia, problema de visão que faz com que o foco da imagem se forme antes de chegar à retina, levando a pessoa a enxergar tudo o que está distante de modo embaçado, aumentou bastante nos últimos anos. Uma análise de oito estudos, realizada na Universidade de Cambridge (Estados Unidos), concluiu que para cada hora adicional aproveitada ao ar livre por semana, o risco de desenvolver miopia caiu 2%.

Em média, crianças míopes costumam brincar menos de quatro horas ao ar livre por semana. A análise sugere, então, que aumentar a exposição à luz natural ou o tempo gasto para olhar para objetos distantes deve ser um caminho a seguir para reduzir a ocorrência do problema.

Na opinião do médico Renato Neves, esse tipo de estudo reforça outra constatação muito comum nos consultórios oftalmológicos: o uso excessivo de computadores e videogames vem prejudicando a visão de crianças e adolescentes, que passam horas nas redes sociais ou jogando em telas pequenas, como a da nova geração de aparelhos celulares.

“O uso contínuo de videogames e computadores pode levar a criança a sentir dificuldade para enxergar de longe, por conta de um embaçamento da vista. Também pode provocar dores de cabeça, lacrimejamento, ardor e vermelhidão nos olhos. Essa condição costuma persistir por vários meses, levando ao diagnóstico de miopia – que pode ser transitória ou permanente”, diz Neves.

Para o especialista, os pais devem exercer maior controle sobre o uso de computadores e videogames, bem como proporcionar mais atividades ao ar livre a seus filhos. “Trata-se de um fenômeno cada vez mais comum: os pais se dedicam tanto às atividades profissionais, que nem se dão conta de que os filhos se refugiam em seus quartos, diante do monitor de computador ou do videogame.

Quando se dão conta do que está acontecendo, geralmente é porque algum sintoma a criança já apresentou. A miopia é um deles. Uma dica: para cada hora que a criança passa fixando a tela do monitor ou a TV, ela deve fazer uma pausa de pelo menos 15 minutos, piscar várias vezes e olhar pela janela para focar objetos mais distantes.

Dr. Renato Neves, médico oftalmologista e diretor do Eye Care Hospital de Olhos, de São Paulo – www.eyecare.com.br

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Seja voluntário da MNAS, Clique aqui e nos envie o seu cadastro!
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
Site da Mobilização dos ACS e ACE: www.agentesdesaude.xpg.com.br
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum