domingo, 3 de julho de 2011

Parceiro do RJ apresenta agentes comunitários de saúde no Alemão

Eles marcam consultas e acompanham o estado de saúde dos moradores.
Secretaria de Saúde pretende ampliar o atendimento básico no Alemão.



Agentes comunitários de saúde prestam um serviço muito importante aos moradores do Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio. Eles vão de casa em casa, marcam consultas e acompanham o estado de saúde dos moradores.
A dupla do Parceiro do RJ Thiago Ventura e Lana Souza mostra como funciona o trabalho dos agentes na comunidade.

Existem na comunidade quatro unidades de saúde da família, o que totaliza 148 Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Suelene Vieira trabalha há 1 ano e 4 meses como agente e faz até 10 visitas domiciliares por dia. "O vínculo vai além do agente de saúde e o usuário. Você sorri com a alegria, você fica triste com a tristeza, você ajuda na dificuldade. É família mesmo", disse Suelene.
A auxiliar administrativa Maria Neuza Cardoso conta que Suelene passa em sua casa toda semana. "Até a dentista, que eu tinha pânico, ela trouxe aqui, ótima. Eu sou tabagista, ela me inscreveu no grupo de tabagismo", falou Neuza.
As agentes de saúde Tatiane Nunes e Daniela Morais vão até a casa dos moradores informá-las das datas em que as consultas médicas foram marcadas.
O trabalho do agente comunitário é importante para motivar as pessoas e para aproximar o cidadão do sistema de saúde. No entanto, o número de agentes não é suficiente para atender a toda população da comunidade.

Ampliação do atendimento
A Secretaria municipal de Saúde informou que pretende ampliar o atendimento básico no Alemão e que as tendas que foram montadas na época da pacificação reforçam o trabalho. Ainda de acordo com a secretaria, em caso de necessidade, os postos encaminham os pacientes para unidades especializadas.

Projeto Parceiro do RJ
Dezesseis jovens foram selecionados para formar o Projeto Parceiro do RJ. O grupo foi dividido em oito duplas, que vão representar e mostrar o cotidiano de oito regiões do Rio e Grande Rio. Em comum, seus integrantes querem retratar não só as mazelas, mas as coisas boas dos bairros onde moram.

Mais de 2.200 pessoas se inscreveram no projeto. Destes, os escolhidos revelam o cotidiano de Copacabana, Tijuca, Campo Grande, Complexo do Alemão, Cidade de Deus, Nova Iguaçu, Duque de Caxias e São Gonçalo.




Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde coordenada por Samuel Camelo
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil: www.agentesdesaude.official.ws
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com

Ao copiar esta mensagem para outro Blog, conserve os nossos créditos!

Clique aqui para ver o vídeo!

Fonte na web: g1.globo.com