terça-feira, 14 de junho de 2011

Medicina Antroposófica

A Medicina Antroposófica é uma abordagem de cuidado com a saúde que parte da compreensão do ser humano como um ser físico, anímico e espiritual. Nasce das contribuições que o fundador da Antroposofia, Rudolf Steiner, e a médica Ita Wegman, desenvolveram, para ampliar o conhecimento e a prática médica.

Na perspectiva antroposófica, o adoecimento é compreendido como parte de um processo importante de amadurecimento e crescimento na vida de cada pessoa, com suas particularidades e singularidades. A cura se dá na harmonização dinâmica entre as quatro organizações que interagem na constituição do ser humano: o corpo físico, o corpo vital, o corpo anímico e a organização do Eu.

Os tratamentos envolvem uso de medicamentos, banhos, compressas, que atuam fortalecendo o organismo mais do que inibindo sintomas. Abrangem ainda mudanças alimentares, orientações de exercícios, e indicações de outras terapias como a Massagem Rítmica, a Terapia Artística e Terapia Biográfica. Os medicamentos antroposóficos são feitos a partir de elementos da natureza como pedras, plantas, cristais e substâncias de origem animal, que passam por preparos especiais próprios, como por exemplo, a dinamização. Todo processo de adoecimento, crônico ou agudo, em crianças, adolescentes, adultos e idosos, pode ser avaliado e tratado com a Medicina Antroposófica. Ela permite alcançar resultados que se somam aos da prática médica convencional e contribuem para o desenvolvimento físico, anímico e espiritual da pessoa que busca o tratamento.

Em diversas cidades do Brasil, há clínicas e consultórios de Medicina Antroposófica. Ela está no sistema público de saúde brasileiro, o SUS, nas cidades de São Paulo (SP), São João del Rey (MG), Belo Horizonte (MG) e em Recife (PE). Na Alemanha e na Suiça, diversos hospitais cuidam de seus pacientes a partir desta abordagem terapêutica, também fazendo parte de seu sistema público de saúde.

Em Recife, a Medicina Antroposófica é uma das práticas que compõem o Núcleo de Apoio em Práticas Integrativas, NAPI. Trata-se de uma experiência pioneira, em que a Medicina Antroposófica é oferecida como uma ferramenta de apoio matricial a Equipes da Saúde da Família dos Distritos Sanitários II e III. Com as equipes apoiadas, são realizadas consultas e visitas compartilhadas, que visam integrar e ampliar os projetos terapêuticos singulares dos usuários, a partir da troca afetiva e efetiva de conhecimentos e compromissos entre os usuários e profissionais, além de contribuir com os desafios cotidianos do processo de trabalho das equipes.

“Estamos diante do nada, e a ele tivemos de chegar para a inauguração da liberdade humana. E o que se faz mister diante do nada é despertar o espírito.” Rudolf Steiner, Stuttgart, 1922

Mais informações sobre a Medicina Antroposófica:
www.abmanacional.com.br (Site da Associação Brasileira de Medicina Antroposófica)

www.vivendasantanna.com.br (Site da Clínica Antroposófica Vivenda Santanna, Juiz de Fora - MG)

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde coordenada por Samuel Camelo

Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil: www.agentesdesaude.official.ws

MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com

Fonte na web: www.vivendasantanna.com.br

O seu Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil agradece pelos 7.000.000 de consultas

Em 2013, quando uma postagem do Jornal, versão Facebook, atingiu 1.480.000 (um milhão, quatrocentos e oitenta mil) acessos ficou evidente...