segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Número de casos de dengue cresce 1.983% em SP

AE - Agência Estado
O número de casos de dengue no Estado de São Paulo subiu 1.983,5% de 2009 para este ano, informou ontem o Ministério da Saúde. Segundo a pasta, foram notificados 202.312 casos da doença de janeiro até o dia 16 de outubro deste ano, contra 9.710 em 2009. Em todo o País, a notificação subiu de 489.819 para 936.260 no mesmo período - um aumento de 91,14%.



Até o dia 16 de outubro, o número de óbitos provocados pela dengue chegou a 592, sendo 141 em São Paulo. No ano passado foram 312 no País. Para o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o cenário nacional deste ano é "tão preocupante" quanto o do ano passado.


De acordo com o coordenador do Programa Nacional de Controle da Dengue, Giovanini Coelho, cerca de 70% dos casos notificados neste ano ocorreram nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Acre. O ministério alega que a volta da circulação do tipo 1 da doença, que predominou no final da década de 1990, contribuiu para o aumento dos números. Em quase todos os Estados brasileiros grande parte da população não teria imunidade a esse sorotipo.


Municípios da Baixada Santista enfrentaram neste ano uma epidemia de dengue, o que explica, em parte, o salto porcentual de São Paulo. A forma como são feitas as notificações pode ter contribuído para o resultado. Em vez de informar ao governo apenas os quadros confirmados por laboratório, também teriam sido notificados os suspeitos. Com a epidemia seria difícil fazer o teste laboratorial em todos os casos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde coordenada por Samuel Camelo

Blog: www.mobilizacaonacional.kit.net/blog
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Site: www.mobilizacaonacional.kit.net

Fonte na web: www.estadao.com.br