quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Agentes comunitários de saúde decretam greve por 72h

Felipe Santana


Valores oferecidos não foram aceitos pela classe. Os cinco mil agentes comunitários de saúde e os agentes de combate a endemia de Salvador, em assembleia nesta segunda-feira (02), decretaram greve por tempo indeterminado.

A categoria se reuniu com o secretário de saúde da cidade, José Carlos Britto, mas o reajuste oferecido de 3% sobre o salário anual não foi aceito. Segundo o diretor da Associação que representa a categoria (AACES), Luiz Fernando de Almeida, o poder municipal não acatou o pedido dos trabalhadores, salário de R$ 765, mudanças no regime jurídico e o pagamento do adicional de insalubridade retroativo.

Em documento oficial, a secretária de saúde de Salvador informou que o reajuste salarial exigido não poderá ser concedido, já que os valores fogem do orçamento.


Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde coordenada por Samuel Camelo

Blog: www.mobilizacaonacional.kit.net/blog
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Site: www.mobilizacaonacional.kit.net

Fonte na web: www.radiosociedadeam.com.br