sábado, 10 de abril de 2010

Agentes de saúde da zona rural são capacitados em uso de água de cisternas

Cerca de 20 agentes comunitários de saúde que trabalham na zona rural de Vitória da Conquista participaram de uma capacitação sobre os cuidados com a água acumulada nas cisternas. O curso, que foi realizado nos dia 7 e 8 de abril, no antigo Colégio Diocesano, teve carga horária de 16 horas e foi promovido pela Secretaria Estadual de Saúde/SESAB, por meio da Articulação no Semi-árido Brasileiro/ASA e do Centro de Convivência e Desenvolvimento Agroecológico do Sudoeste da Bahia - Unidade Gestora Municipal / CEDASB UGM.

Os agentes rurais aprenderam noções básicas sobre captação de água; limpeza, tratamento e doenças que são causadas pela água contaminada. Segundo dados da ASA, a cada onze minutos, morre uma criança no Brasil por beber água contaminada, situação que poderia ser evitada se todas as pessoas tivessem informações mínimas sobre como tratar a água antes de consumi-la.

Elenir Rocha Pereira (51), é agente comunitária há 10 anos, no distrito de Iguá, e atende as localidades de Baixa do Arroz e Quatis dos Fernandes. Ela disse que na sua região existem cerca de 10 cisternas e que agora vai poder orientar melhor as famílias sobre o uso correto da água. “Os vasilhames para retirada da água devem estar limpos para evitar a contaminação e a água da cisterna não deve ser misturada com outra água”.

A Asa elaborou um guia com orientações básicas sobre o uso de água de cisternas chamado Mandamentos das Cisternas. Confira:

1º - A água é presente de Deus e como tal não pode ser vendida, nem negada.

2º - Todas as pessoas, animais e plantas têm direito a água.

3º - Toda casa da zona rural deve ter a sua cisterna.

4º - A cisterna deve ser construída ao lado da casa, longe das plantas com raízes esparramadas e longe de fossas e currais.

5º - A cisterna deve ser cuidada:

* Lavar todos os anos antes da chuva;

* Pintar a parte externa com cal branco;

* Manter a cisterna sempre bem tampada;

* Proteger os suspiros e entradas de água com tela e pano fino;

* Guardar os canos depois das chuvas para evitar que rachem;

6º - A água da primeira chuva é para lavar o telhado da casa. Não pode ir para a cisterna.

7º - A água da primeira chuva juntada na cisterna, não pode ser misturada com outra água.

8º - A vasilha para tirar água da cisterna deve ser muito limpa e usada só para isso. Não deixar a vasilha encostar no chão, na terra ou em lugares sujos.

9º - A água da cisterna é para o consumo humano: beber e cozinhar. Assim vai durar todo o período da seca.

10º - Toda água para consumo humano deve ser tratada.

Fonte: Articulação no Semi-Árido

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde coordenada por Samuel Camelo

Blog: www.mobilizacaonacional.kit.net/blog
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Site: www.mobilizacaonacional.kit.net

Fonte na web: pmvc.com.br