domingo, 25 de janeiro de 2015

Não se mexe: 'Seguro desemprego é causa pétrea'

Nota foi divulgada um dia depois de Joaquim Levy afirmar que o modelo do seguro-desemprego está ultrapassado

Um dia depois da publicação de uma entrevista dada pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ao Financial Times, em que ele afirma que o modelo do seguro-desemprego está ultrapassado, a Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou uma nota, neste sábado, destacando que o benefício é cláusula pétrea: ou seja, um dispositivo legal que não pode ser alterado nem mesmo por Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

Saiba mais sobre:
Coordenador Municipal da MNAS defende Agentes Comunitários em Rádio de Pernambuco  

O seguro-desemprego é cláusula pétrea. Assim como o salário mínimo, jornada de trabalho, férias e aposentadoria fazem parte do núcleo duro dos direitos dos trabalhadores e representam conquistas civilizatórias”, destacou o ministro Miguel Rossetto. (De O Globo - Eliane Oliveira)
Leia mais clicando aí:  Seguro-desemprego é cláusula pétrea, garante Rossetto




 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: www.blogdomagno.com.br
https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Retomada da luta pelo pagamento do "Piso Nacional" dos Agentes de Saúdea

MOBILIZAÇÃO NACIONAL: MNAS convoca todos os agentes de saúde do Brasil a manter as manifestações pelo “Piso Nacional” nas redes sociais

  Clique aqui e veja a lista com os nomes dos prefeitos!


Extra de R$ 3,5 bilhões: Câmara aprova aumento de repasse da União para municípios. Aumento que amplia as possibilidades de pagamento do "Piso Nacional" dos Agentes de Saúde. Veja em: http://bit.ly/ExtradeRS3-5bilhoes


As manifestações dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) tiveram início no dia 17 de setembro/14, pelas redes sociais e continuam. Saiba mais, leia as informações abaixo e participe!


Se o seu prefeito não paga o "Piso Nacional, denuncie clique aqui!


Saiba mais sobre:

As Manifestações pelo cumprimento da Lei 12.994/14 (lei do repasse da União destinado aos agentes comunitários e de combate às endemias).


A MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde convoca todos os agentes de saúde do Brasil e a sociedade de forma geral para manifestarem-se, em face das negligências de seus gestores municipais (Prefeitos), contra a omissão em cumprir a Lei 12.994/14. Esta, entre outros direitos, garante o repasse de R$ 1.014,00 aos agentes. O ponta pé inicial foi dado na quarta-feira (17/09/14), quando começamos a nos manifestar em nossos perfis e nas mais diversas redes sociais, enviando material que expressam a nossa indignação com o descumprimento da Lei do Repasse da União. Deixamos claro aos prefeitos a nossa indignação.

A #hashtag oficial da campanha é #PrefeitoCumpraALei. Portanto, todas as publicações voltadas a essa campanha, devem vir com essa #hashtag!

Como fazer
Acesse as mídias sociais (Facebook, Twitter, instagramWhatsApp  etc) administradas ou voltadas aos municípios que não cumprem a Lei do Repasse e deixem registrado nelas a indignação pelo desrespeito a norma legal;

Compartilhem as postagens da campanha, que serão enviadas pela FanPage do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e Blog do Jornal e MNAS;

Os perfis das mídias sociais dos participantes da mobilização também são importantes. Compartilhem, marque, curtam e comentem nas postagens!
Use as páginas dos jornais nas mídias sociais para compartilhar informações sobre a campanha.

Quantos dias de descumprimento da lei 12.994/14?
No dia 17 de setembro completou três meses que a Lei do repasse da União, que garante o Repasse Integral dos Recursos destinados aos Agentes Comunitários e de Combate às endemias, foi sancionada pela Presidência da República. Atualmente esse prazo está bem mais largo. Embora o Art. 5º expressamente grafe que a Lei entra em vigor na data de sua publicação, ou seja, dia 17 de junho de 2014, inúmeros prefeitos atropelam a legislação maior, desrespeitando  o legislativo federal e toda a sociedade que o constituiu.  Perguntamos: ESSES PREFEITOS ESTÃO ACIMA DA LEI?

A marca do desrespeito em nosso país – a valorização dos agentes de saúde, garantindo-lhes condições mínimas de trabalho é, antes de qualquer outra concepção, uma necessidade moral e ética com a própria sociedade, que deveria ser representada por esses gestores municipais. É contra a sociedade que os constituiu, que esse maus administradores promovem esse atentado a legalidade da administração pública municipal. A Lei 12.994/14 é bastante objetiva quanto a garantia do REPASSE integral dos recursos destinados aos Agentes de Saúde, portanto, se o município recebe os recursos em seus cofres, como esses maus gestores podem se apropriar do que não lhes pertencem? Afinal, o que eles pretendem fazer com esses recursos?

São os Agentes de Saúde que, tão valentemente, têm ampliado os avanços da saúde preventiva em nosso país. Embora instituições como, por exemplo, o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) tenham reconhecido os resultados positivos originários do trabalho dos agentes, os maus administradores preferem descumprir a lei, impondo a omissão a toda sociedade.

Em resposta à MNAS, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, diz que os servidores preferiram abrir mão do "Piso Nacional." Veja a matéria aqui!


Juntem-se a nós nessa campanha, proteste contra a negligência dos gestores municipais, cobrem deles o cumprimento da lei!

Juntos, Somos Mais Fortes!

Publicação inicial: sábado, 13 de setembro de 2014

Baixe o material abaixo e publique em suas redes sociais!


Capa da Campanha para colocar nos grupos do Facebook. Baixe e coloque em seu grupo ou sugira ao administrador do grupo que você é membro.


 Capa da Campanha para colocar nos perfis do Facebook. Baixe e coloque em seu perfil.


  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!



  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!



  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


  Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


 Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!

Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!

Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!


Clique aqui para compartilhar pelo Facebook!






Início da Campanha pelo Pagamento do "Piso Nacional."






 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte:

O Aumento do "Piso Nacional" dos ACS/ACE...


Lamentávelmente não há previsão de quanto será o aumento, porém, é certo de que será abaixo do que poderia ser, se não fossepelos vetos impostos pelo governo.

Atualmente cada município paga um valor de acordo com reajuste de salário mínimo, apesar da defesa de que existe um "Piso Nacional," que, na verdade, é um repasse da União.

Saiba também sobre:
Mobilização Nacional em prol do pagamento do "Piso Nacional" dos Agentes de Saúde
EXCLUSIVO: A importância da Mobilização Nacional em Prol do "Piso Nacional"
MNAS manifesta-se contra a AMM-MG por litígio contra a lei dos Agentes de Saúde (ACS/ACE)
Saiba se o seu município recebeu o repasse da União ("Piso Nacional")
Coordenador Municipal da MNAS defende Agentes Comunitários em Rádio de Pernambuco 

A MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde defende a necessidade de integração da categoria de agentes de saúde para mudar essa infeliz realidade. Por quantos anos teremos um reajuste que, inevitavelmente, ficará muito abaixo das perdas infracionárias, pelo menos nos próximos quatro anos?
Atualmente um número incalculável de municípios recebem o repasse da União, destinado ao pagamento dos ACS/ACE e não o garante aos trabalhadores. Por outro lado, o Governo Federal, que deveria garantir os meios de pagamento aos agentes, age passivamente, sendo parceiro nessa injustiça.

Até quando isso continuará acontecendo? Você tem a resposta!
Juntos, Somos Mais Fortes!



 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br



https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Estado Islâmico: Meninas cristãs leiloadas como escravas sexuais.

 
 Criança com menos de nove anos é vendida ao valor equivalente a R$ 425

Rotineiramente, as notícias relacionadas à organização extremista muçulmana Estado Islâmico (EI) geram horror no mundo ocidental. O principal motivo para isso é que seus membros tentam impor a lei sharia para todos os que vivem dentro de seus domínios.

Veja também:

Invasão de cidades, massacre de moradores, crucificação e decapitação de cristãos já foram manchetes em diversos órgãos de imprensa e até o momento nenhum posicionamento oficial da Organização das Nações Unidas (ONU).

Pelo contrário, quando os Estados Unidos e uma coalização de outros países começaram a bombardear as posições do EI no Iraque, foram criticados na plenária da ONU pela presidente Dilma Rousseff. Em seu discurso, ela disse que deveria ser procurado “o diálogo, o acordo” e condenou os ataques.

Hoje, o influente jornal inglês Daily Mail publicou uma reportagem que mostra mais de perto um aspecto amplamente ignorado fora do mundo islâmico: o mercado de escravas sexuais.

Previsto pelo Alcorão na Sura 4:24, a prática é explicitada em tempos de guerra – como a que os soldados do EI acreditam estar lutando. Eles não podem, contudo, usar muçulmanas para isso, portanto atualmente o leilão entre eles é com prisioneiras cristãs e yazidies, uma minoria religiosa do Curdistão.

Um vídeo encontrado no celular de um miliciano mostra um pouco como funciona a venda de mulheres capturadas pelos fundamentalistas. Outros relatos, como os da organização não governamental Humans Rights Watch, mostram testemunhos de mulheres que serviram como escravas contando que crianças também são compradas e vendidas.

Uma das edições da revista online Dabiq, publicada em inglês pelo El justifica o uso de mulheres  “infiéis” como escravas sexuais. O artigo intitulado de “A recuperação da escravidão antes da hora” afirma que o EI restabeleceu a escravidão em seu califado. Nos leilões, o preço varia. Quanto mais nova, maior o valor pedido.

Segundo o Daily Mail, existe uma espécie de tabela. Os valores são aproximados, considerando o câmbio desta semana.


Um documento apresentado pelo site IraqiNews mostra que o valor de venda das mulheres e dos despojos de guerra vem tendo uma diminuição significativa. Mas o EI impôs um controle dos preços, ameaçando executar quem viola as diretrizes.

O vídeo que está sendo mostrado na mídia global foi filmado em Mosul, a segunda maior cidade do Iraque, de acordo com a Al Aan TV – que traduziu as falas para o inglês.

Hoje é dia de mercado de escravas sexuais”, afirma diante da câmara um homem barbudo não identificado, cercado por vários outros combatentes. “Hoje é dia da entrega”, acrescenta. “Com a permissão de Alá, cada um de nós terá a sua parte”, garante.

Em pouco mais de dois minutos, eles riem e fazem piadas sobre as mulheres. Embora nenhuma delas seja mostrada, há menções que muitas têm apenas 15 anos de idade. Quando falam sobre o preço, um deles compara com o valor de uma pistola Glock usada. Outro diz que o negócio só será fechado depois que ele olhar os dentes da prisioneira.

Explica-se ainda que mulheres bonitas e de olhos azuis ou verdes custam mais caro. Um dos combatentes explica que “está escrito”, numa referência ao Alcorão. Outro esclarece que está procurando uma “menina”. Há inclusive um adolescente no vídeo, que parece familiarizado com o processo. No final, eles parecem olhar fotos em um celular, mas sem esclarecer onde elas estão. Ao demonstrar interesse por uma delas, ouve que aquela já morreu. Ele apenas ri.

Segundo dados de especialistas da Universidade de Oklahoma, o número de mulheres capturadas por milicianos do Estado Islâmico pode atingir 7000.

Em pouco menos de um mês, este é o segundo vídeo mostrando como o EI trata as crianças. O primeiro revela como os extremistas muçulmanos “estabeleceram campos de treinamento para recrutar crianças para a luta armada sob o pretexto de educação religiosa”.  




 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Gospel Prime
https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...