sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Deputado defende ACS e ACE e pede derrubada de vetos

O deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB) conclamou aos colegas deputados da Câmara Federal para derrubarem os vetos da presidente Dilma Rousseff ao reajuste anual de salário dos Agentes Comunitários de Saúde – ACS e Agente de Combate às Endemias – ACE. Os vetos da presidente poderão ser colocados em votação na próxima semana.

Veja também:

É inconcebível que a presidente Dilma vete o direito deles terem um reajuste. Como um trabalhador tem o seu piso salarial estabelecido — a Presidente Dilma oficializou a matéria de nossa iniciativa de criação de um piso salarial nacional de 1.014 reais —e a presidente veta o artigo 1º que garante um reajuste igual ao do salário mínimo a partir de janeiro? Eu acredito que o Congresso Nacional irá apreciar essa matéria e derrubar o veto”, afirmou o deputado no seu discurso na tribuna da Câmara Federal.


 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Assessoria do deputado Raimundo Gomes de Matos

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Arrocho para os mais pobres: Três dias após reeleição, Banco Central eleva juros básicos

 O Governo Federal tenta controlar a alta da Inflação, contando a própria pele da sociedade brasileira

Taxa de juros foi aumentada para tentar manter a taxa de inflação oficial, divulgada pelo governo.

Copom eleva juros básicos da economia pela primeira vez em seis meses

Agência Brasil
Pela primeira vez em seis meses, o Banco Central (BC) alterou os juros básicos da economia. Por 5 votos a 3, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 11,25% ao ano. A taxa está no maior nível desde novembro de 2011, quando estava em 11,5% ao ano.

Veja também:
Desde dezembro de 2011, a taxa passou a ser reduzida sucessivamente pelo Copom até atingir 7,25% ao ano em outubro de 2012, o menor patamar da história. A Selic foi mantida nesse nível até abril do ano passado, quando o Copom iniciou um novo ciclo de alta nos juros básicos para conter a inflação. Desde abril de 2014, a taxa está em 11% ao ano.

A taxa Selic é o principal instrumento do BC para manter a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), dentro da meta estabelecida pela equipe econômica. De acordo com o Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta de inflação corresponde a 4,5% (centro da meta), com margem de tolerância de 2 pontos percentuais, podendo variar entre 2,5% (piso da meta) e 6,5% (teto da meta).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumulado em 12 meses estava em 6,75% até setembro, acima do teto da meta. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, o IPCA deverá desacelerar nos próximos meses e encerrar 2014 em 6,45%.

Por outro lado, o aumento da taxa Selic prejudica o reaquecimento da economia, que cresceu 2,5% no ano passado e ainda está sob o efeito de estímulos do governo, como desonerações e crédito barato. De acordo com o Focus, os analistas econômicos projetam crescimento de apenas 0,27% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014. Oficialmente, o governo prevê expansão de 0,9%.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la, o Banco Central contém o excesso de demanda, que se reflete no aumento de preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Ao reduzir os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.


 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Agência Brasil

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Varizes: Saiba o que são e como se prevenir delas

Varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. Sua ocorrência é mais comum em pessoas que necessitam ficar em pé por longos períodos. Por Dr. Drauzio Varella

Veja também:



As veias das pernas, que reconduzem o sangue ao coração após ter irrigado os membros inferiores, possuem válvulas cuja finalidade é impedir o retorno do sangue aos pés pela ação da gravidade. Às vezes, essas válvulas não funcionam com eficiência e o sangue empoça nas veias provocando deformação, inchaço e alterações na sensibilidade da pele.

Nas mulheres, durante a menstruação e na gravidez, principalmente, os sintomas tendem a piorar.

Episódios de maior gravidade podem ocorrer tanto por dilatação das veias profundas quanto das superficiais. Nesses casos de insuficiência venosa, podem surgir edema persistente nos pés, úlceras nas pernas e alterações na pigmentação da pele.

Tratamento

Varizes superficiais podem ser facilmente reconhecidas observando-se a pessoa em pé. O tratamento mais comum é a remoção cirúrgica das veias comprometidas. O cirurgião faz diversas incisões, retira as veias afetadas e protege a(s) perna(s) com bandagens. O procedimento cirúrgico é rápido, o tempo de hospitalização é curto e a recuperação em casa pode durar algumas semanas.

Nos casos de varizes superficiais, é possível injetar drogas para necrosar as veias a fim de que não mais conduzam sangue. Esse procedimento requer normalmente duas ou três aplicações, mas não é indicado para o tratamento de varizes maiores nem para aquelas localizadas em veias profundas.

Seja qual for o tratamento adotado, é recomendável caminhar diariamente para estimular a circulação do sangue e o crescimento de novos vasos saudáveis.

Recomendações

Varizes não costumam provocar complicações mais graves. Nos casos mais sérios, entretanto, para evitar dores, inchaço e problemas de pele, alguns cuidados devem ser tomados:

* Evite ficar de pé, parado na mesma posição, por muito tempo. Se for obrigado a fazê-lo, procure movimentar-se. Isso faz com que os músculos das pernas ajudem o sangue a circular;

* Diversas vezes por dia, procure elevar as pernas acima do nível do coração por alguns minutos para facilitar o retorno do sangue para o centro do corpo;

* Lembre-se de que é muito importante usar meias elásticas. Os resultados serão melhores ainda se você as calçar logo cedo, antes de levantar da cama;

* Ande a pé. Caminhar é fundamental para prevenir varizes.

Advertência

Ferir uma veia com varizes pode provocar sangramento abundante. Nesse caso, deite-se imediatamente e eleve a perna ferida. Comprima o ferimento com uma toalha limpa até que o sangramento estanque. Em seguida, lave com água corrente e sabão e proteja a área com um curativo compressivo.

As varizes predispõem as pessoas à flebite, inflamação dolorosa das veias. Coágulos de sangue podem formar-se nas veias afetadas. Quando um deles se instala numa veia profunda, existe a possibilidade de que um fragmento se desprenda e, deslocando-se pela circulação venosa, alcance o pulmão. Na ocorrência de qualquer inflamação dolorida, acompanhada ou não de endurecimento da área, em uma ou em ambas as pernas, que não desapareça com sua elevação, não perca tempo e procure um médico imediatamente.

No caso de dor intensa e contínua, procure um médico imediatamente.


 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Dr. Drauzio Varella

Prefeitura de Iguatu implanta novo piso para agentes de saúde

Prefeitura tem o objetivo de proporcionar a valorização dos profissionais de saúde, diz o prefeito Aderilo Alcântara

A prefeitura de Iguatu, município da Região Centro Sul localizado a cerca de 380 quilômetros de Fortaleza, implantou o piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde. O valor, de R$ 1.014,00, definido pelo Congresso Nacional em maio último, está sendo bancado com recursos próprios pela prefeitura municipal, já que o governo federal ainda não repassou nenhum recurso para a complementação salarial.

Veja também:

O prefeito Aderilo Alcântara disse que tomou essa decisão, apesar das dificuldades financeiras do municípios, com o objetivo de proporcionar a valorização dos profissionais de saúde. “A lei foi sancionada em junho, mas até agora o governo não repassou nenhum centavo para que pudéssemos fazer a complementação. Tomei a iniciativa de assegurar a conquista, antecipando o valor a partir de setembro”, disse.

A presidente em exercício da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde, Socorro Bezerra de Lima, disse que a decisão do prefeito é um exemplo para os outros municípios. “Essa decisão do prefeito de Iguatu é um exemplo para o Ceará. Mesmo não tendo obrigação de fazer a complementação, ele foi sensível à nossa luta”, afirmou.

Dados

Iguatu tem 245 agentes de Saúde, dos quais 90 são do Estado e 155 são contratados pelo município. Para assegurar o pagamento do piso aos da rede estadual, o prefeito encaminhou para a Câmara Municipal um projeto de lei que autorizou o gestor a fazer a complementação salarial, por meio da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde. Os vereadores aprovaram por unanimidade a proposta.


 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: www.oestadoce.com.br

Hostilidade após eleição gera onda de orgulho nordestino nas redes

Com fotos, hashtags e páginas criadas na internet, brasileiros de diferentes Estados pregam admiração pelas tradições e pela população da região Nordeste -  Da BBC

Internautas vinculam suas contas no Facebook ao site "Nordestino, sim" para demonstrar orgulho da região.

Veja também:

O recado era direto: "Diga ao mundo: sou nordestino, sim". A resposta foi rápida: na base do boca a boca, mais de 1,7 mil moradores de Estados como Sergipe, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais aceitaram o chamado.

Eles associaram suas fotografias ao site "Nordestinos Sim", criado há menos de três semanas para celebrar, por meio de um mosaico de diferentes cores, idades e gêneros, o orgulho de quem nasce na região.

Lançado em 8 de outubro, o site ganhou fôlego durante a onda de mensagens discriminatórias publicadas nas redes sociais na reta final das eleições. E não foi só ele.
Em resposta a mensagens como "só foram feitos para comer farinha, fazer filho e ganhar Bolsa Família", outras manifestações de defesa à cultura e aos cidadãos nordestinos se espalharam pelas redes.

Caso da hashtag #SouDoNordesteMesmoEComOrgulho, que em menos de uma semana foi compartilhada mais de 100 mil vezes e ganhou adeptos como o escritor Paulo Coelho e o rapper MV Bill. Logo após a divulgação do resultado das eleições, no domingo, a frase chegou ao topo da lista de assuntos mais discutidos no Twitter em todo o mundo.

'Unir rostos'
"O ódio a determinadas regiões, origens, classes sociais não leva a lugar nenhum. Nossa ideia então foi unir nossos rostos para promover união", explica o publicitário sergipano Ricardo Cardoso, criador do projeto "Nordestinos sim".

Ele diz que o site não visa estimular rivalidades, mas convidar brasileiros de todos os Estados a "mostrarem a cara e registrar que somos todos iguais, com os mesmos defeitos e qualidades". Mais do que conquistar adeptos no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, o "Nordestinos sim" também reúne imagens de brasileiros que vivem nos Estados Unidos, Espanha, Itália, Argentina, Alemanha, Austrália, Angola, Luxemburgo e França.

A modelo Danielle Magalhães, que nasceu em Aracaju e mora no interior de Minas Gerais, é uma delas. Ao #SalaSocial, ela afirmou ter feito questão de mostrar suas origens depois de ler em sua timeline comentários pejorativos sobre o voto de seus conterrâneos.


Danielle Magalhães diz que, após ler frases de preconceito, "mais do que nunca se orgulha por ser a nordestina que é". (Foto: Divulgação/BBC)

"Não costumo discutir política, e não discuti em momento algum, mas a verdade é que fiz questão de deixar claro minha indignação com a forma arrogante que algumas pessoas se referiam aos nordestinos", diz. "Algumas pessoas não sabiam de onde eu venho", afirma Magalhães, que não se abateu pelos comentários. "Sim, hoje mais do que nunca eu me orgulho por ser a nordestina que sou".

Direitos humanos
Para Camila Lippi, professora da Universidade Federal do Amapá e coordenadora o Observatório Amazônico de Direitos Humanos, o direito à liberdade de expressão - argumento de muitos para manifestações preconceituosas - tem limites.

"Qualquer sociedade democrática precisa respeitar e defender os direitos de grupos políticos, étnicos, sexuais, quais forem", diz. "Isso está nos tratados internacionais de direitos humanos: eles proíbem apologia ao ódio, como proíbem propaganda a favor de guerras." A professora, que diz ter ficado surpresa com o nível das campanhas no Rio de Janeiro, onde esteve no fim de semana eleitoral, afirma que as manifestações na internet reproduzem discursos cotidianos de ódio.

"Eles são proferidos diariamente por muitos nas ruas, sem que o autor se dê conta que está falando de seus vizinhos, seus colegas de trabalho, seus amigos", afirma. Na opinião da especialista em redes sociais Anna Haddad, a discussão tem aspectos "superpositivos para uma sociedade pouco politizada como a brasileira".

"Esse fenômeno traz um movimento importante. As pessoas acompanham os comentários, ouvem opiniões distintas e isso estimula a busca por educação política. Essa interação enorme ajuda a construir novas reflexões, destruir velhos paradigmas, e traz efeitos vão desde um like ou comentário novos, até uma crítica inesperada, a criação novos movimentos políticos, a criação de um novo partido", diz.

'Nordestinos simbólicos'
A onda trouxe à tona "nordestinos de coração" - gente nascida longe dali, mas que declara amor a suas tradições - e promoveu encontros inesperados, como entre o escritor Paulo Coelho e o rapper MV Bill.

"Nasci no Rio, e mesmo assim #SouDoNordesteMesmoEComOrgulho (por sinal, mal acabou eleição e começou divisão/preconceito?)", tuitou Coelho, compartilhado por mais de 700 pessoas. Bill mostrou pensar parecido: "Nasci no Sudeste,mas tenho parentes e amigos no Norte e Nordeste, me sinto privilegiado por isso", escreveu.

O professor de inglês carioca Alexandre Marques trocou sua foto no Facebook por uma imagem em que aparece com um chapéu parecido com os usados pelo cangaceiro Lampião.

"Não tem muito a ver com orgulho o que fiz", diz. "Acho que o único orgulho que realmente vale é o orgulho de compartilhamos uma sociedade que não dê voz a esse tipo de discurso discriminatório", afirma.


 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: BBC

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Agentes de combate a endemias decretam greve por tempo indeterminado em Brejo da Madre de Deus

Os ACE foram até o prédio da prefeitura reivindicar seus direitos
A partir desta segunda-feira (27) os agentes de combate a endemias (ACE) entraram em greve por tempo indeterminado em Brejo da Madre de Deus. Os servidores da secretaria de Saúde reivindicam condições para exercer o trabalho, e principalmente, o piso salarial nacional que deste junho é de R$ 1.014,00.

Veja também:

Para dar início a paralisação, 28 agentes de Brejo sede e dos distritos Fazenda Nova e São Domingos, com o apoio do Sindicato Regional Setentrional do Agreste de Pernambuco dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias (SINDACSE-PE), realizaram um protesto que teve início no pátio de eventos no centro da cidade, percorreram as principais ruas com gritos de “queremos o nosso piso” e foram até o prédio da prefeitura que estava fechado devido ao feriado do dia do servidor público que ficou para hoje em Brejo.

De acordo com o agente de combate a endemias José de Assis (Boy), a categoria enviou um ofício para o prefeito Dr. Edson solicitando que uma reunião fosse marcada para tratar de assuntos relacionados a categoria, mas a resposta foi para aguardar o piso nacional.
Macilon, Natalício e Boy
“Nós encaminhamos um ofício solicitando que o prefeito Dr. Edson nos recebesse em seu gabinete para tratarmos de assuntos relacionados à nossa categoria, mas o mesmo enviou uma resposta pedindo que aguardássemos o piso salarial, só que o piso já foi aprovado e está em vigor desde 18 de junho desse ano, é lei federal, somos pais de família e estamos apenas reivindicando nossos direitos”, disse Boy.

A categoria reivindica também melhores condições para trabalhar, como destacou Maurício ACE de São Domingos.
ACE Maurício Mestre
“O piso nacional é a nossa principal reivindicação, mas também estamos solicitando condições para exercer nossa função, estamos trabalhando no improviso, sem fardamento, sem o protetor solar que por lei também temos direito, material de campo e transporte em algumas localidades”, disse Maurício.


A presidente do sindicato dos ACE, Ana Régia, enviará para o prefeito e para o Ministério Público um ofício informando da paralisação.

“No momento deixaremos 30% dos servidores para manter os serviços essenciais, Estamos abertos ao diálogo, a categoria vai manter a greve por tempo indeterminado e ou até que tenha uma resposta do cumprimento da lei com efeito retroativo”, disse Ana Régia.

De acordo com Natalício, vice-presidente do sindicato dos ACE, com a paralisação o município pode sofrer com surtos de dengue, leishmaniose, doença de chagas e também a vacinação contra a raiva em cães e gatos, que está marcada para iniciar no sábado dia 1º de novembro, pode ser prejudicada. Caso o município não cumpra com as metas exigidas pelos Ministério da Saúde, sofrerá cortes nos repasses de verbas do Fundo Nacional de Saúde.
Natalício vice-presidente do SINDACSE-PE

 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Estação Notícias

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...